Buscar

Saiba como é feito o projeto de galpões metálicos


Ao desenvolver um projeto, deve-se pensar na qualidade final da edificação, assim como na manutenção ao longo da vida útil. Em primeiro lugar, deve-se definir uma configuração dimensional volumétrica do galpão (altura, largura e comprimento). Essas medidas são em função do tipo de uso que se dará à edificação.

Com as dimensões principais do edifício, é importante definir as aberturas fixas e móveis nos fechamentos laterais da estrutura de aço (aberturas fixas são aquelas sempre abertas, por exemplo, venezianas; as aberturas móveis podem estar fechadas ou abertas, como portas e portões), bem como possíveis lanternins superiores, para aliviar a pressão interna devido ao vento.

O sistema estrutural é definido na fase de projeto e deve estar de acordo com as exigências das normas de segurança (NBR 8681:2003), ações devidas ao vento (NBR 6123:1988) e as específicas ações acidentais que atuarão ao longo da vida útil da edificação (NBR 6120:1980). O sistema estrutural, geralmente, classifica-se em vão simples com duas águas, vãos múltiplos com quatro meias-águas, geminados com duas ou mais águas, os do tipo shed e, ainda, aqueles em forma de arco .

Entende-se por projeto o conjunto de especificações, cálculos estruturais, desenhos de projeto, de fabricação e de montagem dos elementos de aço. As normas para dimensionamento a serem usadas são a NBR 8800:2008 para estruturas de aço laminadas e soldadas e a NBR 14762:2010, para aquelas com perfis formados a frio. Cada um destes documentos deve respeitar as normas e exigências requeridas para uma correta e adequada obtenção do resultado final, que é o galpão para usos gerais com plano de manutenção definido, o qual prevê a obtenção da vida útil da edificação especificada originalmente no projeto.

Fonte: http://techne.pini.com.br/engenharia-civil/171/artigo287855-1.aspx

#Estruturasdeaço #galpãometálico #estrutra

150 visualizações

© 2016 - 2020 Procomet Sistemas Metálicos.